Minha vida em um outro plano
dezembro 27, 2009, 10:16 pm
Filed under: Próprias alienações...

Céu azul, nuvens iguais a um algodão com formatos de animais e coração. E uma pipa azul e verde voando sem direção, se movendo lentamente e suavemente.

Logo depois de um tempo, aparece uma outra pipa, vermelha e preta, indo em direção a primeira. Elas se cruzam, ficam um tempo juntas, mas o vento a faz ir embora. E a pipa azul e verde retorna a ficar sozinha. Porém, ela sabe como o vento age, e trás de volta a pipa vermelha e preta. A sua pipa. Mas dessa vez, elas ficam distantes, uma encarando a outra como se alguma corrente de ar impedisse o cruzamento delas. O tempo vai passando, e o vento leva a pipa vermelha embora, e a azul continua lá, intacta, leve… sozinha.

Até que, um vento forte, a faz perder o equilibrio, e num piscar de olhos, ela cai e se desmancha. O céu e as nuvens continuam lá, porém a pipa não. Me retratei sendo a pipa azul e verde.



O verdadeiro Papai Noel
dezembro 24, 2009, 2:42 am
Filed under: Participo!, Próprias alienações...

Meu caro e sábio senhor Noel. Veio por meio desta te escrever pela primeira vez, pois nunca me faltou qualquer tipo de presentes, e principalmente carinho de minha família para o senhor ser o meu refúgio. Agradeço eternamente por isso.

Mas o que interessa é o por quê estou aqui. Não quero pedir nada que possa mudar o estado físico de alguém e muito menos alguma matéria. Estou aqui pedindo para tentar mudar o coração de uma pessoa. Para melhor. E para o bem dela.

O grande problema é que ela não acredita no senhor, e isso a faz uma pessoa mal humorada e sem vontades. Ela não crê no velhinho gordo com roupas vermelhas e saco verde repleto de presentes, e muito menos no verdadeiro papai noel que existe dentro de nós, ou seja, a capacidade de sonhar, a esperança e a força de jogar nossos pedidos ao vento e realizá-los.

Espero que neste natal, todos não dêem muito trabalho ao senhor e que consiga descansar um pouco e que consigamos entender que não é apenas neste mês que o senhor está conosco, e sim durante o ano inteiro.

– pauta para o PostIt



As melhores.
dezembro 7, 2009, 3:18 pm
Filed under: Fã de carteirinha, Próprias alienações...

Engravidar, dar a luz, amamentar. Cuidar da casa, das crianças, do marido e ao mesmo tempo cuidar da vida. Trabalhar.  Pintar as unhas, depilar, menstruar,  se importar com as gordurinhas, com o cabelo e cada novo corte da estação. Roupas e sapatos da última moda no armário. Se maquiar, usar salto alto e vestidos. E também há muito mais que vai além de beleza e tipo físico. Ao mesmo tempo que trabalha, planeja o que fazer no fim de semana, o jantar do dia, a brincadeira com o seu filho e seus carinhos com o marido. Até mesmo solteira, tem a certeza do que quer fazer na vida e de como agir.

Segredos possuem, que os homens fariam de tudo para descobri-los, pois não vivem sem nenhum pedacinho da descrição acima. Se fazem de algo que não são, mas no fundo, nada seriam sem a flor mais bonita e charmosa de todo o jardim.

Amiga, inimiga, patroa, empregada, tia, avó, filha, mãe… mulher. Há quem diga que é difícil compreender as mulheres. Mais difícil ainda é ser uma mulher, porém gostamos dessa dificuldade, pois sem ela, não seríamos mulheres de verdade.

* Homenagem a nós, mulheres, que conseguimos ter o mundo em nossas mãos.