Escrever aqui, viver ali
julho 23, 2010, 2:33 am
Filed under: Participo!, Próprias alienações...

A mesma mesa, a mesma caneta, os mesmos costumes, a mesma rotina. Porém rotina válida, cujo resultado é para apenas sua necessidade de viver, ganhando lucros e tendo seus bens. É isso que ela diz. Mas no fundo, bem no fundo, ela gosta de tudo isso.

Gosta de escrever, de mostrar suas opiniões e principalmente seus sentimentos. Eu sei que ela não continua sem praticar esse divino dom de colocar toda a sua alma em um simples papel. Viaja sem direção até um ponto final satisfatório, e se existe esse ponto. Seus pensamentos mirabolantes insidem na folha como uma luz bem clara, parecendo entrar no mundo que ela mesma cria. Um mundo parado apenas para ela e a caneta.

Está óbvio que ela ama tudo isso e que não viveria sem. Está claro em seus comportamentos, em seus olhos, em suas mãos se mexendo incontrolavelmente ao escrever apenas palavras.  É o seu simples ar de escritora.

– pauta para Palavras Mil



Bem-vindo, lindo.
julho 2, 2010, 8:53 pm
Filed under: Próprias alienações...

Domingo. Para alguns pode ser o fim de uma semana cansativa, que no dia seguinte começa a rotina novamente. Pode ser o dia de descansar. Ou até o dia que reune todos os familiares e amigos para se divertir. Mas para exceções, pode ser o começo de tudo. O começo de uma nova amizade, ou até o começo de uma briga. Mas o que estou referindo é o começo de um amor. E de um grande período em que o coração é o protagonista.

Troca de olhares, dança, amigos em comum. Mais trocas de olhares, noite rolando, conversas jogadas fora. Apresentação. A sós. Conversas. Vergonha, muita. Huuum… não sei. Insistência. Vontade. Contatos, tatos, paladar. Sonho? Não, realidade.

Abraço, carinho, atenção, envolvimento, paixão. Amor. Bem-vindo ao meu coração, lindo.

Eternidade? Enquanto dure. ♥