Quero distância, obrigada.
abril 26, 2010, 9:55 pm
Filed under: Próprias alienações...

Venho logo te dizendo que não sou mais aquela menina fofinha com os olhos brilhantes cada vez que te via e que achava que o mundo rodava ao redor da palavra destino, acreditando que o meu destino era só você. Eu, decididamente, já virei mulher.

Essa palavra não se resume apenas a ter um corpo já formado e uma vida independente. Ela vai muito mais além disso. Virar mulher é se preocupar com coisas mais relevantes do que sofrer por um amor cego e bobo. É ter atitude nas pequenas palavras que disser. É ter certeza que a vida é muito mais do que se imagina.

Agradeço primeiramente a ti, por ser o principal motivo dessa grande transformação. A palavra amor já não tem o mesmo significado comparado ao que antes eu imaginava que era: você.

Já tenho uma mente de mulher, que não acredita mais nas juras de amor impensáveis que os garotos fazem. É lógico que existem exceções, mas você não se enquadra nelas.

Estou bem melhor sem aquela viagem mirabolante que se passava em minha cabeça quando nos encontrávamos. Estou bem melhor sem você.

Obrigada por me abrir os olhos e ter ainda uma oportunidade de viver a vida como ela poderia ter vivido há muito tempo.

P.S.: Eu não te amo.

Ass: Duda Gérry

Anúncios